O PARADIGMA DA JUSTIÇA RESTAURATIVA: PREOCUPAÇÕES ÉTICAS NA GESTÃO DE CONFLITOS
PDF/A

Palavras-chave

Direitos Humanos
Direitos Fundamentais

Como Citar

Martins, N., Correia, P. M. A. R., & Pereira, S. P. M. (2021). O PARADIGMA DA JUSTIÇA RESTAURATIVA: PREOCUPAÇÕES ÉTICAS NA GESTÃO DE CONFLITOS. Lex Humana (ISSN 2175-0947), 13(1), 148–164. Recuperado de http://seer.ucp.br/seer/index.php/LexHumana/article/view/2060

Resumo

A resolução de conflitos é abordada maioritariamente através do modelo clássico de administração da justiça penal retributiva. O criticismo sobre esta prática impulsionou o desenvolvimento de novos métodos de resolução de conflitos. O objetivo deste trabalho é analisar e debater a Justiça Restaurativa, um novo paradigma de resolução de conflitos, relacionando-a com o estudo da temática dos valores e da ética na Administração Publica. O que se concebe como Justiça Restaurativa moderna tem as suas origens na Ética, pelo que, aliando as preocupações éticas à aplicação da Justiça, discutimos a possibilidade de emergir um modelo mais consciente, transparente e humano.

PDF/A

Downloads

Não há dados estatísticos.