Reflexões sobre técnica e espaço na educação não-formal

Carlos Silva de Jesus, Ueliton da Costa Leonidio, Jonatan Rocha Gomes, Helton Nonato de Souza, Cristina Gomes de Souza, Vanessa Cristina dos Santos

Resumo


O presente artigo aborda os conceitos de espaço e técnica, apresentados por Santos (2014) e Pinto (2008), respectivamente, a fim de discutir o espaço característico da educação não-formal e as técnicas observadas enquanto modalidade que oportuniza à formação do sujeito a transformação de si mesmo e da realidade a que pertence. A partir de uma abordagem reflexiva, do texto se infere que a educação não-formal se apresenta como modalidade aliada à formal dado seu potencial de conduzir o educando de conteúdos sistematizados para uma atitude coletivo-reflexiva, com empregos de técnicas e espaços próprios à dinâmica social em que se dá a formação integral de um indivíduo que se pretenda inovador e transformador.


Texto completo: PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Synesis está indexada em bases de dados, repositórios, diretórios, indexadores e portais, nacionais e internacionais, conforme a relação abaixo:

Logotipo do Crossref REDIB CiteFactor Diadorim Logotipo do Crossref Dialnet Academic Index Goldrush JournalTOCS Academic Journals Database Livre! www.scirus.com TroveEZBAcademic Index

* Proquest@, Ulrich's Periodicals Directory@ e EBSCO@ são bases de acesso restrito.



Consulte também:


Sherpa/Romeo JSTOR Scielo Redalyc Academic Journals Database Logotipo do Crossref Philosophy Documentation Center


Contadores estatísticos:



<

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License