A transformação de uma filosofia terapêutica à institucionalização

Cesar Augusto Veras, Pedro Pereira Borges

Resumo


O presente trabalho visa contribuir na elucidação no modo de ver e pensar a filosofia - de modo particular o período clássico - que não se separa da história do desenvolvimento do Ocidente. O objetivo geral estabelecido consiste em verificar o processo de transformação da filosofia antiga, esta que surge com questionamentos terapêuticos e acaba se institucionalizando, tendo de responder aos ditames do estado. Quanto ao método, o que será usado para fins deste trabalho será o indutivo-dedutivo. Quanto à metodologia adotada, esta será de caráter bibliográfico, ou seja, será feito um levantamento em referências bibliográficas disponíveis para todos, publicadas pelos diversos meios disponíveis, isto é, impresso ou virtual, sem prejuízo à produção do conhecimento. Frente a esse objetivo, foram possíveis chegar a algumas considerações. Dentre elas, pode-se destacar três pontos, sendo eles: 1) A crise do pensamento filosófico tem suas motivações já na era clássica; 2) As ideias que perpassam a filosofia clássica são fruto de um constante processo de síntese, reformulação e inovação a partir daquilo que ora fora pensado. 3)Por fim, o papel do filósofo consiste em pensar aquilo que já fora pensado e repensar quantas vezes forem necessárias com o objetivo de chegar à verdade e oferecer caminhos frente as dificuldades encontradas no cotidiano da vida. Nesse sentido, a filosofia pode ser vista também como a história do desenvolvimento do modo que o ser humano pensa, age e se desenvolve, estando ela unida a todos os aspectos relacionados a este sujeito e não fragmentada e restrita apenas a comentar autores e textos dentro de um escritório.

 

PALAVRAS CHAVE: Autoconhecimento. Filosofia como modo de vida. Desenvolvimento. Terapia. Institucionalização.


Texto completo: PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Synesis está indexada em bases de dados, repositórios, diretórios, indexadores e portais, nacionais e internacionais, conforme a relação abaixo:

Logotipo do Crossref REDIB CiteFactor Diadorim Logotipo do Crossref Dialnet Academic Index Goldrush JournalTOCS Academic Journals Database Livre! www.scirus.com TroveEZBAcademic Index

* Proquest@, Ulrich's Periodicals Directory@ e EBSCO@ são bases de acesso restrito.



Consulte também:


Sherpa/Romeo JSTOR Scielo Redalyc Academic Journals Database Logotipo do Crossref Philosophy Documentation Center


Contadores estatísticos:



<

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License