Direitos humanos e o sujeito moderno: reflexões sobre a autoexploração e a autorresponsabilidade

Daniel Machado Gomes

Resumo


Os direitos humanos nascem na modernidade sob a forma de direitos subjetivos, categoria jurídica até então desconhecida. Por isso é possível vincular estes direitos com a concepção moderna de subjetividade cujos traços principais são a autoexploração e a autorresponsabilidade. A autoexploração leva ao reconhecimento da singularidade de cada pessoa como fonte do respeito devido à autonomia moral de cada um. No Ocidente este respeito se formulou em termos de direitos universais subjetivos, os direitos humanos. Tomando a obra Os Ensaios, de Montaigne como exemplo de autoexploração e de autorresponsabilidade, o texto pretende relacionar estes aspectos do self com o surgimento direitos humanos.


Palavras-chave


Subjetividade moderna, direitos humanos, autoexploração, autorresponsabilidade

Texto completo: PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Lex Humana está indexada em bases de dados, repositórios, diretórios, indexadores e portais, nacionais e internacionais, conforme a relação abaixo:

E-Revistas E-Revistas E-Revistas DiadorimLogotipo do Crossref CiteFactor Dialnet Logotipo do Crossref EZB JDB

Consulte também:

Sherpa/Romeo JSTOR Scielo Redalyc Academic Journals Database Logotipo do Crossref Philosophy Documentation Center
* Proquest@, Ulrich's Periodicals Directory@ e EBSCO@ são bases de acesso restrito.

Contadores estatísticos




Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License