Justo meio: sua importância e seu papel na ética aristotélica
PDF/A

Palavras-chave

Justo Meio
Aristóteles
Virtude
Ética

Como Citar

Salles, W. F., & Camargo, R. C. (2019). Justo meio: sua importância e seu papel na ética aristotélica. Lex Humana (ISSN 2175-0947), 10(2), 138–159. Recuperado de http://seer.ucp.br/seer/index.php/LexHumana/article/view/1581

Resumo

Através deste artigo demonstraremos a relevância e o papel do conceito filosófico justo meio (mesôtes) no sistema filosófico aristotélico. Explicitaremos como o justo meio é compreendido por Aristóteles e quais são os desdobramentos, na reflexão ética aristotélica, causadas pela elaboração dele como fundamento da virtude. Para tal explicitação iremos explanar temas como felicidade, virtudes morais, virtudes intelectuais em Aristóteles. Tais temas são intrínsecos à ética aristotélica, e fundamentais para a compreensão do justo meio. Além desses temas, iremos explicitar alguns aspectos fundamentais sobre como Aristóteles compreendia o ser humano, principalmente como ele compreendia a ação humana, pois esses aspectos são essenciais para a compreensão do sistema moral aristotélico, e, consequentemente, para a compreensão do justo meio aristotélico. PALAVRAS-CHAVES: Justo Meio, Aristóteles, Virtude, Ética.
PDF/A

Downloads

Não há dados estatísticos.