COMPARAÇÃO DAS ANÁLISES DE DOIS PROGRAMAS COMERCIAIS DE UM ENSAIO DE TUBOS SUJEITOS A VIBRAÇÃO POR VÓRTICES EM CANAL DE CORRENTES

Autores

  • Ricardo Franciss Universidade Católica de Petrópolis
  • Évyla Santana
  • Milene Furtado
  • Mauro Dolinsky

Resumo

O estudo sobre o fenômeno de vibrações induzidas por vórtices (VIV) tem extrema importância na indústria offshore, pois os risers, dutos e plataformas, todos em estruturas metálicas cilíndricas vibram quando há passagem da corrente marinha. A corrente marinha passa a ser o fator determinante à medida que a explotação de petróleo se aprofunda nas águas, estando essas estruturas cilíndricas sujeitas a situações de carregamentos cíclicos que reduzem significativamente a sua vida útil por fadiga. Desta forma, o presente artigo mostra um ensaio feito em um canal de correntes e comparações com um programa comercial largamente usado na indústria do petróleo chamado SHEAR7® e um programa de elementos finito chamado ANSYS®. Será apresentada uma explicação sobre os programas e o ensaio feito com o cilindro. A finalidade é a previsão e comparação, o mais próximo possível com o observado no canal, com a realidade dos deslocamentos de cilindros rígidos, comprovando que hoje há no mercado ferramentas que comprovem o fenômeno complexo que são as vibrações por vórtices

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Franciss, Universidade Católica de Petrópolis

Formado em Engenharia Civil pela PUC-RJ, com Mestrado na UFF nas área de Geotecnia (Eng. Civil) e Doutorado na COPPE/UFRJ na área de Estruturas + Hidrodinâmica (Eng. Civil).  Além disso, é formado em Administração pela UFRJ e com curso de pós-graduação em Estruturas Marítimas pela Petrobras.  Trabalhou no Centro de Pesquisas da Petrobras - CENPES durante 30 anos e é professor adjunto da Universidade Católica de Petrópolis, atuando nas áreas de Engenharia do Petróleo, Civil, Elétrica e Mecânica.

Downloads

Publicado

2022-05-17

Edição

Seção

Artigos